Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘manjericão’

O verão está aí, e é aquela época em que todos se preocupam com a saúde – como se fosse apenas neste período da nossa existência em que realmente devêssemos nos preocupar com isso. Enfim, não custa nada lembrar que não é bem assim.

É no verão que todos falam em ingerir muito líquido e consumir alimentos com aspecto saudável e alto poder nutritivo. A estação dos corpos sarados à mostra está aí, e ainda resta um bom tempo para aproveitar o sol e as férias. Até que venha o carnaval e o país volte aos seus trilhos. Cuisinez Fácil não está alheio à saúde dos leitores, e hoje, como sugestão, apresenta uma salada deliciosa, viva e super prática no preparo.

Vive la bonne cuisine!

joa

Imagem: Joannes Lemos

Salada Caprese: impressione os convidados com saúde e requinte



Tire da despensa:

4 bolas de mozzarella de búfala

3 tomates caqui bem graúdos e lavados

Folhas de manjericão lavadas

Sal a gosto

Pimenta-do-reino moída na hora

Azeite

Mão na Massa:

Fatie os tomates e as bolas de mozzarella em tamanhos regulares. É importante que o tamanho seja uniforme para um bom casamento no momento de montar. Num prato ou travessa intercale fatias de tomate e mozzarella. Salpique sal, pimenta, regue com generosos fios de azeite e decore com as folhas de manjericão. Quer mais fácil do que isso?

Bon appétit!

Glossário para iniciantes perdidos:

  • Pimenta moída na hora: muito se fala em usar pimenta moída na hora, mas quase ninguém diz o motivo. Como Cuisinez Fácil também é didatismo, aqui vai uma explicação sucinta: quando a pimenta (seca) é moída na hora ela libera alguns óleos vegetais contidos em sua composição. Esses óleos dão mais sabor e aroma ao prato.

Dica:

Não há nada melhor do que receber com requinte os convidados para uma “boquinha” em nossa casa. Então, se você vai dar um jantar, por mais simples que ele seja, que tal servir esta salada como entrada? Além de estimular o apetite dos convidados, vai causar uma ótima impressão pela possibilidade de acomodá-la jeitosamente no prato. Afinal, primeiramente comemos com os olhos. Mas lembre-se: entradas são servidas sempre em pequenas porções. Neste caso, tome cuidado para não servir 1kg de Salada Caprese para cada convidado.

E como a cozinha é uma aventura de cores, sabores e misturas, você pode colocar outros tipos de folhas nesta salada, como estragão e até hortelã. Pode ainda variar no uso de molhos. Experimente colocar um pouco de aceto balsâmico.

No dia em que fiz esta salada da foto, a mozzarella de búfala no supermercado mais próximo de minha casa estava um absurdo, com o preço literalmente nas alturas! Como na cozinha é preciso achar alternativas, eu usei queijo branco, e ficou deliciosamente com o sabor bem parecido ao da mozzarella.

Curiosidades:

De acordo com vários teóricos da gastronomia – alguns não se entendem – a origem da Salada Caprese vem da Iha de Capri, um paraíso italiano localizado no golfe de Nápoles, mais precisamente no Mar Tirreno. Creditam-se à ilha os melhores ingredientes na produção desta iguaria saudável.

Faça também: 

CUISINEZ FÁCIL: Quiche de Queijo

Anúncios

Read Full Post »

Continuando com a linha editorial “faça você mesmo com rapidez”, Cuisinez Fácil traz hoje aos queridos leitores uma dica que serve para preparar em várias ocasiões: quando você tem em casa pão de forma e não sabe qual destino dar a ele; quando você quer fugir do trivial feijão com arroz, mas está sem tempo para frivolidades; ou quando vai receber amigos em casa e quer servir um lanchinho no happy hour.

Atenção às próximas linhas porque a dica é bem básica. Viva à praticidade.

Vive la bonne cuisine!!

joa

Imagem: Joannes Lemos

Pizzinha rápida: para o happy hour ou para fugir do trivial



Tire da despensa (receita para duas pessoas):

6 fatias de pão de fôrma

Meia caixinha de molho de tomate

6 fatias de queijo mussarela

1 tomate maduro picado (sem sementes)

Orégano

Folhas de manjericão

Mão na massa:

Pré-aqueça o forno a 180°C. Enquanto isso, retire a casca do pão de fôrma (mas se quiser também pode deixar com casca), passe molho de tomate por cima, depois coloque uma fatia de queijo mussarela, um pouco de tomate picado e jogue orégano por cima. Leve ao forno e deixe assar levemente por 6 minutos. Retire e coloque folhas de manjericão por cima. Très facile!

Bon appétit!

Glossário para iniciantes perdidos:

Manjericão: As folhas de manjericão são frágeis e só podem ser colocadas depois que as pizzinhas saem do forno.

Dica:

Use a imaginação quando preparar este quitute rápido. Ao invés de mussarela, se preferir, substitua por queijo prato, catupiri, ente outros. Você pode jogar por cima queijo parmesão ralado.  Ao invés de picar um tomate pode usar tomate cereja, cortando-o ao meio.

Faça também:

CUISINEZ FÁCIL: Fusilli Tricolore Especial

Read Full Post »

Para enganar a fome, para servir como aperitivo ou para ser feito num momento de extrema pressa. Este singelo sanduichinho que Cuisinez Fácil apresenta hoje cai muito bem nas ocasiões apresentadas logo acima, mas, principalmente, é uma ótima pedida para aquele happy hour organizado de última hora em sua casa. É claro que provavelmente você não terá alguns ingredientes em sua despensa – porque não costumam ser de uso diário – mas em compensação são fáceis de encontrar ou substituir.

Vive la bonne cuisine!

Imagem: Joannes Lemos

Sanduichinho: ótima pedida para um happy hour improvisado


Tire da despensa:

Mini pães franceses (o famoso pão de sal dos capixabas)

Folhas de manjericão

200g de linguiça portuguesa ou calabresa (ambas defumadas)

Catchup

Mostarda (opcional)

Orégano (opcional)

Mão na Massa:

Coloque a linguiça numa assadeira, leve ao forno pré-aquecido a 200 graus e asse por uns 20 minutos, virando quando completar dez minutos de forno. Retire e corte em fatias. Corte os pãezinhos e passe dentro de uma banda um pouco de catchup e na outra banda um pouco de mostarda (caso queira utilizar). Se usar orégano polvilhe um pouco dentro do pão. Coloque umas duas fatias de linguiça no pão e para finalizar uma folha de manjericão. Simples assim.

Bon appétit!

Glossário para iniciantes perdidos:

Manjericão – tradicional ingrediente da pizza Margherita, o manjericão é uma planta muito frágil à temperatura alta. Então não coloque a folha juntamente com a linguiça muito quente, porque ele pode murchar. Espere a linguiça esfriar um pouco, afinal, esse é um sanduíche servido em temperatura ambiente.

uFoto do meu pezinho de manjericão

po

Dicas:

Se você não gosta de sabor picante então não utilize a linguiça portuguesa, porque ela é levemente apimentada. Se não quiser usar nem a portuguesa nem a calabresa, pode trocar por mortadela tipo bologna (aquela apetitosa). Mas não dispense o manjericão, pois ele dá um sabor todo especial ao seu sanduíche. Se fizer esta receita para um happy hour improvisado não deixe de comprar a cervejinha, cai muito bem.

Aqui em São Paulo é comum encontrar mini pães franceses congelados em supermercados. É só assar e comer quentinho. Mas se você não conseguir comprar o mini pão francês nem congelado e nem já assado, então use o de tamanho normal, dividindo-o ao meio para fazer dois sanduichinhos.

Curiosidades:

Ótimo para facilitar a digestão o manjericão é nativo da Índia, e por lá é cultivado como planta sagrada. Uma das mais importantes ervas da culinária, o simbolismo do manjericão está espalhado pelo mundo, sendo usado pelos gregos ortodoxos em rituais religiosos. No interior do México é usado como talismã do amor. Além de apetitosas e saborosas, as folhas do manjericão também são as protagonistas quando o assunto é decoração de pratos.

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: